As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


8 de maio de 2015

Testemunho ."Parti à 6 anos..." - 03.07.2008

Recebido na AELA a 03.07.2008 e publicado a 19.07.2009 no www.aela.PT

Boa noite Irmã!
Também eu estou a preparar-me para reencarnar de novo.

Resultado de imagem para reencarnar de novo
Preciso esquecer tudo o que fiz e tudo o que deixei de fazer! Preciso afastar de mim a vergonha de não ter aproveitado uma vida para evoluir.
Sou uma Irmã, vivi 64 anos e parti à seis anos. Estou pronta. Vivi uma vida sem dificuldades, não cometi atrocidades nem grandes maldades! No entanto quando vi o filme da minha vida… chorei! Chorei muito! Envergonhei-me de ter sido tão egoísta!  Poderia ter ajudado muitos Irmãos! Não precisava trabalhar, fui filha de pais ricos! Não aprendi nada sobre a Vida! Não procurei dar-me a ninguém! Não procurei aliviar o sofrimento de ninguém! Vivi apenas para mim! Bordei, li, passeei no meu jardim! Assim vivi minha vida! Puro desperdício! Não resgatei qualquer das minhas faltas! Deveria ter sido corajosa e ter criado infraestruturas para ajudar os que mais sofriam! Teria sido muito mais feliz! Teria provavelmente encontrado o Amor de um cônjuge e descendência!
Nada dei, nada recebi! Vivi, diria que vegetei! Desperdício!

Na minha próxima missão, espero ser um instrumento de Amor do Pai, ajudar sem parar todos os que eu possa de todas as formas que for capaz! Tenho medo de perder a coragem! De falhar de novo! Vou confiar nos meus Guias, nos Bons Irmãos, para me aconselharem!
Sei que vou ter muitas provas, mas agradeço-as ao Pai! Preciso recuperar tudo o que já perdi! Preciso compensar todos os que deveria ter ajudado e não o fiz!
Lembrando-me deles ajudarei outros… não os vou  reconhecer… Peço ao Pai a Força que preciso!   Peço ao Pai a Luz para a minha Vida!
Até um dia, Com muita felicidade e amor! Obrigado por me ter sido permitido deixar o meu apelo. Que ninguém sofra pelos seus erros impensados.