As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


17 de agosto de 2017

Testemunho de esperança: "Alcancei paz..." - 01.06,2017 - ultima mensagem da sessão

Psicodigitação recebida na AELA

Lindos Céus vejo, aves lindas os cruzam. Nuvens aveludadas os decoram.
  Raios de Sol brilham… leves gotas de agua brilham no verde prado… lago prateado… briza fresca a refrescar o ambiente… Oh quadro idílico!  Estarei acordado? Estarei a sonhar? É real? Mas que realidade vivo? Nunca vi nada assim… Estou vivo?  Vivo? Mas seu que já morri! Vi o meu corpo!!  Vi o meu enterro, olhando para baixo, olhando para cima, via o milagre da felicidade!!!  Mas como pode ser?  Estou feliz, sempre estive feliz desde que morri… alcancei paz como nunca pensei ser possível… morri finalmente! Regresso a casa finalmente!!   Parei aqui como forma de agradecimento pela Luz Amorosa que me envolve… precisava dizer-vos, que o trabalho fraterno, o empenho em fazer aos outros o que gostaria que me fizessem a mim, se traduz no final, numa felicidade, numa harmonia, numa paz difícil de qualificar na nossa linguagem… 

Imagem relacionada
Estou em paz, não sofri ao ver o meu corpo deitado no chão! É como “roupa velha”… apenas isso!  Continuo a viver, e mais leve, mais livre!  Mais feliz! Sou hoje feliz! Fiz tudo o que podia em vida, estou tranquilo! Missão cumprida! Continuo a viver! 






Tenham fé, vale a pena fazer o melhor possível no dia a dia sem esperar qualquer reconhecimento ou pagamento. Acreditem! Vale a pena.

T. A.
Apenas um irmão a reconhecer a beleza do amor.


16 de agosto de 2017

Frei Bernardo: "A mesquinhez humana" - 25.05.2017 - primeira mensagem da sessão

Resultado de imagem para a mesquinhez humana
Psicodigitação recebida na AELA


Bernardo

Com um abraço fraterno vos saúdo.

A mesquinhez do Ser Humano - esta falta de amor, leva-nos a cometer atrocidades uns para com os outros.  São tantas as ocasiões em que um simples sorriso salva vidas… se ao menos tivéssemos esta consciência… se ao menos acreditássemos que somos importantes na vida uns dos outros…  tantas lágrimas poderiam ser evitadas… tantas vidas seriam salvas e inspiradas a seguir por um caminho “mais direito”…


São os pequenos gestos do dia a dia que nos fazem “grandes”, são as pequenas orações, vindas do coração, que nos ligam verdadeiramente a Deus… é passo a passo, que se sobe o ingreme trilho da Montanha.

Tenhamos em nós a certeza, de que, apenas amando seremos amados; apenas perdoando, seremos perdoados.


Com um abraço fraterno me despeço.



Irmã de Verdinho: "O que nos fáz feliz" - 25.05.2017

Psicodigitação recebida na AELA


Irmã de Verdinho
Minhas queridas, meus irmãos é sempre com alegria que vimos ao vosso encontro.  Um dia estaremos todos em paz! Até esse dia chegar, devemos de nos auxiliar uns aos outros, de todas as formas que estiverem ao nosso alcance. Para uns um abraço é tão precioso como o diamante mais raro, para outros no entanto, um bocado de pão, uma palavra amiga, ainda são mais valiosos do que qualquer pedra preciosa!
Resultado de imagem para o que nos fáz felizNão é o dinheiro que nos faz feliz, mas sim a gratidão e o reconhecimento das Bênçãos recebidas:  a água para beber, o pão na mesa, a saúde física e mental, o tecto que nos abriga da chuva… como somos ingratos!  Esquecemos a Bênção da Luz do Sol que tudo alimenta, a chuva que tudo refresca, a noite que proporciona o descanso e o refazimento do corpo e da alma…
Somos irmãos – desde a nossa Creação e até ao final dos tempos. Teremos de aprender a amarmo-nos, a respeitar a Vida em todos as dimensões. Se o fizermos por nossa vontade, mais rápido encontraremos a Paz e a Harmonia, em qualquer estádio que estejamos. Para os que teimam em dominar em vez de compartilhar, grandes penas os esperarão até que as suas consciências reconheçam a sua própria pequenez e a Omnipresença de Deus na Vida.
Que amor de Deus a todos inspire e fortifique.
Uma irmã
Na Vida ainda a aprender a viver e a amar.


Testemunho: "Morri e não percebi...meus pais vieram buscar-me..." - 25.05.2017

Psicodigitação recebida na AELA


Tanto palavreado, tanto barulho! É pá gritar é na rua, lá fora… calem-se por amor de Deus! Que dor de cabeça pá…  nem sei o que me aconteceu…  estava bem e de um momento para outro, vejo-me no chão!!!  O corpo para um lado e eu a ver-me do outro lado!!! É coisa mesmo de outro mundo!!!  Loucura total!  Morri, foi isso!  já tinha ouvido falar… mas nem queria acreditar, tinha morrido!  E os anjos, não vi nenhuns?!...  até perceber o que estava a acontecer, ninguém se chegou a mim… ali “fiquei” no chão e de pé ao mesmo tempo!  Até parecia que tinha saído da casca de um ovo!!! Saí de dentro de mim e não sabia como entrar!   
Resultado de imagem para deitei e levantei-me
Gritei, chorei, deitei-me ao meu lado, e assim fiquei… chorei, tive medo… fiquei aliviado, feliz e infeliz ao mesmo tempo… uma confusão… não sei quanto tempo estive assim…. Quando me acalmei, e ainda deitado ao lado de mim, chorei mais uma vez… chorei baixinho, nem sei se de medo ou de alegria… começo a rever a minha vida, desde o principio de tudo… vi amigos, família… o que fiz a uns e a outros… e a mim mesmo…  sobretudo o que estava a fazer a mim mesmo…  com o tempo fui endurecendo, tornei-me frio, calculista… interesseiro… sentia vergonha do que estava a ver…desprezei quem me deu a mão…  fui vil…  será por isso que fiquei sozinho?... Anjos, tiveram medo de mim?  Ninguém me veio socorrer… estive tanto tempo sozinho… 

Finalmente percebi que estava mesmo sozinho, não havia nada a fazer, fiquei deitado a meu lado… a respirar… a respirar…. E começo a rezar, a pedir perdão a Deus… foi a primeira vez que em adulto rezei…  estava calmo, mas sentia as lágrimas a cair pela cara… era duro demais, estar sozinho naquele momento… lembro-me que fechei os olhos, não quanto tempo… já não suportava mais ver a minha vida – vazia… apenas isso: vaziiiiiiaaaa… 

De repente, começo a sentir um calorzinho agradável nas mãos… não sabia se imaginava ou se era real… continuei de olhos fechados… e esta sensação de calorzinho, alastrou-se á minha cabeça, peito, costas, pernas…e abri os olhos… vi meu pai e minha mãe!!! Levantei-me e abracei-os com toda a minha força… nem podia crer! Como os amava! Que saudades! Estavam ali! Que saudades! Chorei convulsivamente!  Que reencontro tão bom! Como me arrependo daquilo que fui… que vergonha!  Meus pais, meus pais… amam-me mesmo assim!!!... Como pude eu ser tão egoísta na vida…  Meus queridos pais…  mesmo sem palavras, entendi tudo o que sentiam e me queriam dizer… nem posso crer… partiram tão jovens… revoltei-me com Deus por mos ter levado tão cedo…. esqueci Deus, como poderia um Deus existir se permitiu tamanha injustiça… eu era apenas “uma criança”, precisava deles como do pão para a boca… 
Resultado de imagem para meus pais vieram buscar-me
Meus pais queridos, estavam de novo a dar-me vida!!! De pé no meio deles, vejo dois homens calmos, compreendi que acompanharam os meus pais. Mais calmo… agora mais calmo agradeço a Deus esta Bênção mais uma vez… é certo que não mereço…  vou ter isso em conta em todas as coisas que fizer daqui para a frente… se volto a viver, não quero cair no mesmo sofrimento que estava a viver: sentir-me completamente só, perdido… e com medo… 

Vou com eles, de braço dado com os dois… sinto-me vivo, quente, vivo… já não tenho medo… vou com eles… e amanhã, que vai ser de mim?... não importa, não estou sozinho e sinto que não vou ficar mais abandonado, entregue só a mim mesmo… os meus pais estão comigo, sinto-os mesmo comigo! Não me abandonaram afinal… Estão vivos! Estão VIVOS! Eu estou vivo… só o meu corpo está ali no chão deitado…. Eu estou vivo também!!! 

Sigo com eles… não sei destino, pouco me importa, estou com os meus pais! Vou com eles, vai tudo correr bem! Vou com eles! 

Até um dia, quem sabe!
Juvenal Triste
54 anos
Brasil – Curitiba



15 de agosto de 2017

Palavras soltas: "Distância" - 25.05.2017 - ultima mensagem da sessão.

Psicodigitação recebida na Aela


Resultado de imagem para distânciaPalavras soltas



A distância
É tudo o que quisermos que seja!

O pensamento
Não reconhece a distância
É mais rápido do que a Luz!

As nossas orações
Alcançam o Senhor Deus
E nossos entes queridos,
São um raio de luz que lhes toca
E sempre nos revive!

 Um irmão
A brincar com as palavras e as verdades da vida


14 de agosto de 2017

Frei Bernardo: "Ritmo da passagem" - 18.05.2017 - Primeira mensagem da sessão

Psicodigitação recebida na AELA. Nesta semana desencarnou D. Lucília, trabalhadora do Centro durante muitos anos.

 Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.
Resultado de imagem para passagemA Vida tem muitas etapas, para uns o ritmo de passagem de uma fase para outra é calmo, para outros é um caminho sinuoso, cheio de incertezas, dor e medos de perder o sentido da vida...
Todo aquele que vive a sua vida com a consciência tranquila, com amor no coração e a vontade de fazer sempre o seu melhor, não teme o amanhã! Sabe que aproveitou todas as oportunidades para fazer o bem, e por conseguinte, granjeou amigos em todos os lugares por onde passou…
Ao Obreiro da Luz, importa fazer o Bem sem olhar a quem! 

Ao Obreiro da Luz, importa servir em todos os momentos da sua vida, em todas as dimensões onde o seu Ser exista!

Para o Obreiro da Luz, apenas amar faz sentido!

E todo aquele que assim vive, em Paz continua até viver na Casa do Pai. 

Com um abraço fraterno me despeço.




Irmã de Verdinho: "O que é da Terra, aqui fica" - 18.05.2017

Psicodigitação recebida na AELA


Irmã de Verdinho
Minhas queridas, meus irmãos, é sempre com alegria que nos encontramos. Somos sempre poucos para tão grande trabalho de assistência.
Resultado de imagem para o que é da terra na terra ficaSão tantos os irmãos perdem o sentido da vida, procuram na vida material a satisfação para a sua ansiedade, para a sua dor, para os seus medos… para as suas conquistas… 
Não compreendem que as coisas da Terra, na Terra ficam… connosco apenas segue a aprendizagem… a nossa melhoria, o nosso crescimento pessoal… nada mais…  Esquecem “que somos seres espirituais a viver uma experiência na carne”…
Tantas lágrimas poderiam ser evitadas, se logo desde o berço, se ensinasse a realidade da vida, os seus ciclos, a existência depois da morte… e o quanto podemos contribuir para a paz de cada um de nós (e de nossos irmãos…)
Para quem parte, as nossas orações são balsamos que apaziguam os momentos da passagem, as duvidas e o medo; é a entrada em mundos dos quais não nos recordamos (ou desconhecemos), e todos temos como destino final…
Que o Amor do Pai, a Sua compaixão nos envolva e ilumine a todos até ao final dos tempos.
Uma irmã
Ainda a aprender a viver e a amar.


Palavras soltas: ""Amor, razão a seguir" - 18.05.2017

Psicodigitação recebida na AELA

Palavras soltas 

Às voltas e voltas
Ando e andei
Às voltas e voltas
Resultado de imagem para só amar é soluçãoMe desesperei… 

Às voltas e revoltas
Procurei o sentido da vida
Nas voltas e revoltas
Me perdi uma e outra vez…

Nas voltas e revoltas
Cai no chão…
Encontrei quem me deu a mão!
Com amor nos olhos e no coração…

Depois de tanto chorar…
Aceitei com gratidão,
Tamanha compaixão!

 Nas voltas e revoltas da vida
Aprendi com emoção:
Só amar, é razão a ser seguida! 

Um irmão
A brincar com as palavras e as verdades da vida


Testemunho: Ultimos momentos de um suicida - 18.05.2017

Psicografia recebida na AELA

Estava doente, tudo me corria mal, fui ter com a curandeira que prometia s solução para minha vida, até a lotaria poderia ganhar, afiançava estendendo a mão…  

Mas como pode alguém dizer tamanha patranha?... A verdade é que na altura acreditei… tudo fazia para conseguir as bênçãos que tanto tardavam a entrar na minha vida…  Dei-lhe tudo o que tinha e não tinha…  e nunca as bênçãos chegavam… vivia problema em cima de problema…  desesperado e cada vez pior e em maiores dificuldades… suicidei-me…  faz muitos anos… atirei-me de um penhasco… fiquei todo partido… ainda estive no hospital… mas sempre inconsciente…   Foi aí, que compreendi: eu e o meu corpo somos coisas diferentes!! Via o corpo deitado na cama, engessado!!! E eu de pé! Era uma alma penada!!!! Vivia separado do meu corpo!... Vivia! Sentia-me a pensar, a sentir, a falar – embora a maioria não me prestasse qualquer atenção…  eu existia separado do meu corpo e tínhamos condições diferentes!!! Tinha dores, tinha dores, mas era confuso… 

Resultado de imagem para alma junto ao corpo no hospital
Um dia sentei-me no chão a chorar, no quarto onde estava o meu corpo… era já tarde, sentia frio e começou a escurecer… o meu corpo continuava parado, na cama… engessado…  sentei-me a um canto…. Não me lembro quanto tempo estive assim nesta apatia… até que chegou o padre confessor… despenteado, barba mal aparada… mas com uns olhos meigos, uma voz calma… dirigiu-se ao meu corpo, tomou a minha mão engessada, tocou meus dedos e pediu a Deus compaixão para mim… nesse momento vi toda a minha vida a passar pela minha frente… como se de uma tela se trata.se…  senti calor no meu coração… um sentimento tão tranquilo me invadiu, apenas queria descansar… sinto-me envolvido em Luz, num calor tranquilo… adormeci… 

Acordei passado muitos anos num hospital, em tudo diferente daqueles que conheço…  mantinha o meu segundo corpo de alma… a mesma autonomia de sempre…  Fiquei confuso, mas afinal eu tinha “morrido”, não tinha? E no entanto vivia…  Foi duro acordar e ver que tinha sido separado de tudo o que recordava… e cada vez mais, me convidavam para participar em ações de socorro na Terra.  Cada vez me surpreendia mais, eu fui um daqueles aos quais agora vou em auxilio… Estou vivo!  Há que aceitar! 

Nestes últimos tempos, amo, trabalho e estudo…  e em breve volto a reencarnar… e volto a tentar ser gente!

Até um dia! 

Francisco P.
Alfaiate da própria vida


Testemunho - " Pseudo conhecimento..." - 18.05.2017 - ultima mensagem da sessão

Psicodigitação recebida na AELA

Resultado de imagem para pseudo conhecimento


Livros, mais livros… ehhh… tenho lá paciência para isto, para ler… nem pensar, estou cansado de mais…  é muito ler para pouco aprender, muita conversa para nada…  até parece que tem medo de explicar as coisas como são!!  Para quê tantos detalhes?  Melhor!  Pseudo detalhes! Para quê tantas voltinhas, e não vão directo ao assunto?  Nascemos, vivemos e morremos e vivemos logo de seguida como espíritos! Esta é a realidade! 

Fazes bem, recebes o Bem! Foste tosco e bruto, apanhas por medida e repetes a tarefa até te lembrares de não mais burro!  Ora para dizer isto, são precisas 500 folhas? Resumi tudo a duas linhas de uma folha… 

Se cada um entende e aprende de forma diferente de outros, se tudo tem um tempo próprio para cada um de nós… então porque nascemos com liberdade, não era melhor virmos logo todos com a rédea curta? Ás vezes não compreendo… não se evitariam assim os males do mundo?  Enfim desabafos…. 

Pois, entendo o que me dizem… onde estaria assim o mérito das nossas conquistas? Como ficaria a nossa liberdade? Seriamos como “prisioneiros” – a revolta dos Homens seria inda maior… 

Enfim, nas mãos de Deus me entrego, já entendi que não fiz nada de jeito nesta vida…

Vou-me preparar…  espero aqui um dia regressar como Mensageiro da Boa Vontade e Trabalhador.

Uma irmã,
Hortense de nome. Até um dia!




13 de agosto de 2017

Evangelho no Lar / Frei Bernardo: "Partilha de conhecimento" - 13.08.2017

Psicodigitação recebida depois da Oração Evangelho no Lar
Resultado de imagem para partilha de conhecimento


Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

A partilha de conhecimento sobre a vida espiritual, é uma Caridade, é algo que devemos fazer tanto quanto nos for possível.

Através desta consciência, deste conhecimento, muito sofrimento pode ser evitado pelos que partem e pelos seus familiares e amigos.

Tomos temos um tempo para viver na Terra, todos nós trazemos as suas Missões e objectivos. Devemos pois, aceitar os desígnios de Deus para cada um de nós.

Apenas uma certeza temos: colhemos o que semear-mos! Porém, ninguém está totalmente abandonado á sua sorte, contudo recebe apenas conforme o mérito.

Amemos pois, sem reservas, desinteressadamente! Vejamos em cada Irmão, um pedaço de nós, um pedaço de Deus! Façamos o que gostaríamos que nos fizessem a nós, e tenhamos a certeza de que estamos a construir dias mais felizes.

Com um abraço fraterno me despeço.




6 de agosto de 2017

Evangelho no Lar / Frei Bernardo: "Prece humilde e sentida" - 06.08.2017

Psicodigitação recebida depois da Oração Evangelho no Lar na nossa casa.

Bernardo
Imagem relacionadaCom um abraço fraterno vos saúdo.

A compaixão pela dor alheia, quando se sente como se fosse a nossa, mostra a maturidade da nossa alma. Só um Espirito que já tenha passado por muitas provas e tenha amor no coração, consegue verdadeiramente entender as lágrimas de quem sofre.

Não se trata apenas de ouvir nosso Irmão, auxiliar significa entender a mão com a certeza e a vontade de fazer tudo o que está ao nosso alcance para aliviar a dor, nem que seja uma prece humilde e sentida ao Pai a favor de quem sofre. Confiar no amor de Deus por todos os Seus filhos e entender que, cada um recebe conforme as suas acções.

Sejamos responsáveis por nossas próprias vidas, a Vida Continua...  tenhamos a certeza de que, reencarnaremos tantas vezes quantas as necessárias para entender que o Amor Fraterno deve de ser uma constante em toda a Vida terrena e espiritual.

Com um abraço fraterno me despeço.





23 de julho de 2017

Frei Bernardo: "A Humanidade precisa ouvir-se a si mesma! ! - 11.05.2017 - 1ª mensagem da sessão

Psicodigitaçao recebida na AELA
Resultado de imagem para a humanidade precisa de se ouvir


Bernardo                                                                                                                                                                               Com um abraço fraterno vos saúdo.

É preciso coragem para viver uma vida digna, para seguir os caminhos da verdade, do perdão e da tolerância. Cada vez mais se valorizam as conquistas materiais sobre as morais e espirituais…

A Humanidade precisa ouvir-se a si mesma! Se muitos choram, onde se está a errar? O que falta aos corações dos Homens para voltarem a cara aos sofrimentos de milhões de irmãos, com fome, com sede, com doença, em guerra… 

A Terra é um Mundo abençoado, tudo foi colocado á disposição do Homem para que se pudesse desenvolver e crescer:  a natureza, os alimentos, sol, chuva… e no entanto tudo tem vindo a ser destruído… pelo ódio entre irmãos, pela ganância e pela ignorância de que a Vida continua, onde colheremos amanhã, o que hoje semearmos…

Com fé na regeneração do Homem, peço a Deus que derrame sobre todos nós a sua Luz e Amor.
Com um abraço fraterno me despeço.



Irmã de Verdinho: " Almas despeçadas"11.05.2017

Psicodigitação recebida na AELA


Resultado de imagem para almas despedaçadasIrmã de Verdinho

Minhas queridas, meus irmãos é sempre com alegria que vimos ao vosso encontro.  Tantas ilusões aqui se desfazem e tantas esperanças aqui são renovadas.
Todos os dias, todas as noites, aqui chegam almas despedaçadas, corações a sangrar, pés feridos…   como loucos aqui chegam, incrédulos sobre a nova situação que estão a viver… alguns “assumiram” mesmo a forma de animais… tão baixa é a sua autoestima e remorsos…  aceitam a condição de bestas apenas com o objectivo  de tentar esquecer o que lhes pesa na consciência…

Existem tantas razões para o que o Homem sofra, sendo que a maior é a falta de Amor por si mesmo e pelos outros irmãos. Todos os actos praticados fora da Lei de Deus Pai, terão de ser corrigidos na justa medida! Ou não haveria justiça divina!  O amanhã continua, a vida terrena é só uma breve passagem na Vida do Espirito.
Que o Amor do Pai a todos ilumine e inspire

Uma irmã
Ainda a aprender a viver e a amar.


Palavras soltas: "Uns e outros... - 11.05.2017

Psicodigitação recebida na AELA

Palavras soltas 
Resultado de imagem para coisas da vida
Uns gritam por luxos,
Outros apenas por pão…

Uns maldizem o dia,
Procuram a noite para se esconder
De si mesmos e dos outros…

Uns rezam ferverosamente,
Pedem perdão pela sua loucura…
Reconhecem o tempo perdido…

Uns acabaram de chegar,
E pela sua humildade,
São rapidamente encaminhados para a Luz!
  
Um irmão
A brincar com as palavras e as verdades da vida



Testemunho:" Pedi perdão"... - 11.05.2017

Psicodigitação recebida na AELA

Resultado de imagem para coisas da vida
Se olho para uma coisa bonita, choro… se olho para uma coisa feia, choro…
Perdi o gosto pela vida…     tinha casa e perdia-a, tinha família e perdi-a…. Tinha uma vida perfeita  perdia-a …   enfim, tudo perdi por não saber respeitar os demais…. 

Assim que tomei conhecimento dos meus erros e pedi perdão a Deus, morri! Parece uma pequena prova, mas não foi, foram muitos anos, muitas vidas que eu perdi e apenas por achar que não valia a pena viver…

Obrigado, chegou a minha hora, levo pouca coisa comigo: um coração ferido, uma alma partida, uma pessoa arrependida pelo tempo perdido…

Até um dia, adeus…


Irmã das Rosas: "Confiai no Amor de Deus Pai" - 11.05.2017 - ultima menssagem da sessão

Psicodigitação recebida na AELA a 11.06.2017

Imagem relacionada




Rosas
Rosas de amor vos trazemos! Alvas e Perfumadas!
Confiai no Amor de Deus Pai! Não estão sozinhos no Vosso caminho.
Com carinho nos despedimos.

Uma irmã
 na Vida.