As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


29 de março de 2015

Evangelho no Lar - "Amor Fraterno" - 29.03.2015

Psicodigitação recebida a 29.03.2015 - depois da oração Evangelho no Lar na nossa casa

Bernardo

Com um abraço fraterno vos saúdo.

O Amor Fraterno não escolhe nem o dia, nem a noite, nem a pessoa grande ou pequena, nem a idade ou a cor da pele. Ele está sempre presente em cada um de nós, basta desejar e fazer tudo o que está ao nosso alcance para aliviar a dor de nosso irmão.

Resultado de imagem para espelho
São tantas as provas que nos chegam… uma delas é a sabedoria de saber partilhar: conhecimento, calor, pão… um simples sorriso! Quanto sofrimento poderia ser evitado, se soubéssemos a importância que temos uns para os outros. Se tivéssemos a consciência de que vivemos ao lado uns dos outros – em continuo intercâmbio, por algo mais do que razões de vizinhança! Estamos juntos para nos suportarmos, auxiliarmos e saldarmos as muitas dívidas que vamos somando ao longo das várias vidas que vamos vivendo.
 
Hoje somos o “pai”, amanhã seremos o “filho” a experimentar as dores de um pai… e assim vamos aprendendo; que, o que não desejamos para nós, não devemos permitir que aflija nossos irmãos, sejam eles quem forem, estejam eles onde estiverem.

Com um abraço fraterno me despeço. 

 

Guia Rafael - "Irmão" - 06.03.2008

Copiado para o blog por Plume a 29/03/2015 // Recebido na AELA a 06.03.2008

Resultado de imagem para imagens de irmãosNota: Guia de um irmão nosso

R.......!
Querido irmão, meu querido filho !
Vou ser breve ! Apenas para te confortar !
Ainda que penses que não estou a teu lado, acompanho sempre teus passos !
Querido, tem fé !
Pouco importa o que os outros façam, são as nossas acções, os seus frutos, que nos acompanham e reconfortam na hora da partida !
Fica em Paz ! Confia que és muito amado Irmão ! Muito amado !
Alegro-me no teu esforço de entender a vida e de seres um exemplo de Fraternidade !
Serás feliz na Luz do Pai !
Flores, muitas flores para ti !
Até breve !

Irmãos de Luz - "Graças" - 06.03.2008

Copiado para o blog por Plume a 29/03/2015 // Recebido na AELA a 06.03.2008

Resultado de imagem para imagens de ajudaA.S.

Minhas queridas !
Sois abençoadas por ter conhecimento desta doutrina. Por saberdes como evitar o desalento da passagem da Vossa Vida para a nossa !
Sejam humildes, sejam tolerantes, sejam agradecidos ao Pai pelas Graças que recebeis diariamente e nem vos dais conta !
Há mais na Vida do que os bens materiais, não há melhor Bem do que o Amor Fraterno entre irmãos de sangue ou não consanguíneos ! Somos todos filhos de Deus ! Somos todos Irmãos !
Amai-vos, ajudai-vos, respeitai-vos !
Tenhais a certeza de que as Boas acções, os seus frutos Vos acompanham sempre !
Ficai em Paz !
Estamos convosco sempre !
Confiai no Amor do Pai !
   

Dois Suicidas - 06.03.2008

Copiado para o blog por Plume a 29/03/2015 // Recebido na AELA a 06.03.2008



Resultado de imagem para homem desesperado(Homem de 35 anos)

Morri, morri, meu Deus. Que fiz eu !
Quanto sofrimento causei !
Matei-me e pelo desespero que causei - meus filhos se perderam, minha filha se matou.....

(Nesse momento incorporou na médiumde incorporação assistente e foi ajudado através do esclarecimento, a seguir o seu caminho).


(Menina de 16 anos)
Resultado de imagem para jovem desesperada
Meu Deus morri !
Não queria morrer !
Só queria assustar !
Ajudem-me por favor ! Ajudem-me !
E agora, não vejo nada !
E agora, e a minha mãe, como está ? Onde está ?
Ajudem-me não sei que fazer ! Ajudem-me !

(Foi ajudada e o guia esclarece)

Guia:
Já seguiu, fica em Paz ! Calma !


Irmãos de Luz - "Fazer o Bem" - 06.03.2008

Copiado para o blog por Plume a 29/03/2015 // Recebido na AELA a 06.03.2008

Resultado de imagem para imagens de ajudaSantas noites !
Aqui venho em Missão de Trabalho e virei sempre que me for permitido !
Desejo partilhar convosco a visão da vida que adquiri ao passar para este plano.
Sobre a vontade de ajudar, gostaria de vos dizer que existe uma grande diferença entre o desejar e fazer o Bem !
Desejar Bem é quando queremos o Bem, mas não está na nossa mão directamente desenvolver esta acção !
Então - e muito bem - mobilizamos nossos irmãos deste plano para fazer o Trabalho do Bem !
Confiamos e apelamos para o Amor e Benevolência do Pai, para a sua sabedoria para que permita que o socorro chegue àqueles por quem oramos.
Por outro lado fazer o bem, empenharmo-nos nessa tarefa, dar de nós...àh meus queridos colegas, meus irmãos, quantos frutos, quantos dividendos colhemos dessa Acção ! Alguns de Vós, vislumbram essas maravilhas e têm esse entendimento ! Outros ainda não estão maduros o suficiente para terem essa percepção ! Mas é assim o desenvolvimento de cada um ! Todos precisam de tempo, uns mais, outros menos !
Nessa dimensão é difícil ter a percepção de que fazer o bem, começa nas mais pequenas coisas do dia a dia !
O notável, é aquilo que desenvolvemos diariamente sem qualquer interesse !
O notável, é aquilo que fazemos dentro dos ensinamentos de Jesus, com as mãos abertas, com o coração cheio de amor, de tolerância, de compreensão...
Ouvir, é preciso saber ouvir para saber ajudar......
Este "ouvir" é sentir as necessidades de nossos irmãos encarnados e desencarnados....
Irmãos, companheiros de uma jornada, de mais uma bela etapa até à perfeição, confiai-Vos ao Amor do Pai, tende confiança e Fé !
Muito há para aprender !
Muito há para fazer !
Mas muitos estão convosco para Vos ajudar ! Também eu virei sempre que me for permitido !
Agradeço-te também as tuas boas acções que possibilitam que aqui estejas com tanto Amor !
Até breve !
Um irmão !
 

Gabriel - "Saber ajudar" - 03.03.2008

Copiado para o blog por Plume a 27/03/2015 // Recebido na AELA a 03.03.2008.

Resultado de imagem para imagens de auxilio

Gabriel
Saber ajudar !
Queridos irmãos, hoje falamos da nobre arte de saber ajudar !
Quando pedis ajuda para vós, deveis ter a consciência de que já estais a tentar resolver as vossas questões por Vós mesmos !
A nós compete-nos inspirar-vos, amar-vos, sugerimo-vos melhor caminho !
Não nos compete forçar-vos a nada ! Deus Pai deu a cada um de seus filhos a inteligência, para que com esta faculdade e fazendo uso dela, possam beneficiar de vossos créditos, de vossos méritos !
Mas meus queridos irmãos, o primeiro passo para ajudar - quer a nós próprios - quer a um nosso irmão, se temos realmente vontade de ajudar, deve partir de nós próprios !
Em cada plano, devemos dar o 1º passo ! Não pedir apenas para que os outros executem o que está ao nosso alcance ! Entendei ! Por vezes, ajudar é apenas pedir ao Pai: Entendimento !
Mas, a demais das vezes, são situações, débitos que tendes uns com os outros e Vos recusais a reconhecer este facto !
Aproveitai todas as oportunidades para fazer o Bem incondicionalmente, na certeza de que é a Vós mesmos que estais a fazer esse mesmo Bem, pelo fruto que colheis dessas Boas acções !
Ficai com a certeza de que Vos secundamos e apoiamos no desempenho de todos os Vossos esforços para serem úteis e caridosos.
Meus queridos Irmãos, acreditai no Poder do Amor Fraterno e incondicional !
Ficai no Amor do Pai, na Luz do entendimento de nosso Mestre e no carinho de todos quanto Vos Amam !
Ide em Paz ! Ficai em Paz !
Flores, muitas flores alvas para todos.
Estamos convosco ! Sempre !

28 de março de 2015

Oração mensal - "Saudade" - 28.03.2015

Bernardo

Com um abraço fraterno vos saúdo.
Saudade é uma verdade que nos fáz muitas vezes chorar… rolam lágrimas de tristeza por aqueles que não vemos à muito… ressalta a nossa inquietação quanto ao estado daqueles que amamos…  Por mais conhecimentos que tenhamos, no momento da dor, tolda-se-nos a fé… a lucidez…  é o medo do que desconhecemos a fundo… queremos acreditar… mas o medo sobrepõe-se… é próprio da condição humana… 
Resultado de imagem para imagens de saudadeTambém nós neste lado da Vida, não vemos sempre os que amamos… também para nós continuam as provas de Fé e humildade. Fazer a Passagem, apenas altera o modo como continuamos, muitas vezes o mesmo tipo de provas… Ninguém se torna perfeito apenas por mudar de dimensão! O trabalho sobre nós mesmos continua, e as bênçãos que recebemos continuam a ser proporcionais ao nosso esforço e mérito.
Continuemos buscando a Luz, hoje e sempre com humildade e compaixão.
Com um abraço fraterno me despeço.



 
 

27 de março de 2015

Palavras Soltas - " Partilha" - 12.02.2013

Recebido na AELA 12.02.2013

Nota: recebido na AELA para saudar o novo projecto de Caridade do Centro.

Resultado de imagem para imagens de repartir pãose a alegria
se pesa-se
uma tonelada seria!

se o amor
se medi-se
nunca encontraria o fim!

se a sopa
se pesa-se na alma
nunca encontraria a medida

gotas de luz
somadas umas á outras
iluminam o caminho
e salvam as almas

um irmão
a brincar com as palavras e as verdades da vida

Irmã de Verdinho - "Partilha" - 12.03.2013

Recebido na AELA a 12.02.2013

Nota: Mensagem recebida para apoiar o novo projecto de Caridade do Centro

Resultado de imagem para imagens de repartir pão
Boas noites
Minhas queridas, meus irmãos com lágrimas nos olhos me dirijo a vós esta noite. Somos muitos os que aqui rejubilam pelas vossas iniciativas de caridade. Com alegria nos associamos ao vosso Bem querer! Com amor estaremos a vosso lado! Nesta sala de trabalho ou noutras, onde o Amor seja a razão de ser da actividade, irmãos deste lado da vida trabalharão a vosso lado.
Recordai-vos apenas, um sorriso pode salvar uma alma de um suicidio há muito planeado em segredo. Todas as sementes de amor depositadas em cada Ser, um dia serão uma bela flor perfumada.
Que o Amor do Pai a todos nós ilumine e esclareça.
Uma irmã
ainda a aprender a viver e a amar.



Bernardo - "Partilha" - 12.02.2013

Recebido na AELA a 12.02.2013
Nota: Mensagem sobre um projecto de Caridade que se desenhava no Centro

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo!



Neste mundo-escola - tal como em qualquer outro - e muitos há nos Universos do Pai; o sofrimento fáz parte do processo evolutivo dos Seres. Uns sofrem por expiação, outros por preparação para outras tarefas; e outros ainda, apenas para saberem valorizar as Graças recebidas. Como se pode apreciar a luz e o calor do Sol, se não se conhecer a noite - ainda que também ela seja adornada pela luz das estrelas e das luas. Gotas de luz, são todas as boas acções, são todo o Serviço que desempenhamos em nosso favor. A verdade irmãos, é que todo o Bem que desejamos a nosso irmão, para nós reverte multiplicado por muitos efeitos de auxilio e crescimento. É o amor fraterno e desinteressado que alimenta a nossa luz e Paz interiores. Bem hajam todos os que querem crescer e amar.
Com um abraço me despeço.

26 de março de 2015

Gabriel - "Nossas Conchas" 13.09.2007

Recebido a 13.09.2007 na AELA

Nota: Guia desenhou uma concha de caracol vazia


Gabriel
Meus queridos Irmãos, quantas conchas temos durante as nossas existências! Como o caracol, como se tornam pesadas, como atrasam a nossa evolução! Como impedem que se veja Vossa Luz, o Vosso brilho! Quanta tristeza sentimos ao ver as Vossas carapaças! Por medo, nessa Vossa Missão de aprendizagem, vesti-vos de medo, de ódio, de incompreensão… tão pouca fé no Amor Pai. Jamais estais sós! Jamais o Pai Divino abandona seus filhos! Confiai que sois amados! Entendei a Vossa Missão e tende coragem! 
Confiai de coração aberto no pai! 
Fico convosco! Estamos convosco! 
Que o Amor do Pai Vos fortaleça sempre! 
Flores, muitas flores para todos! 
Fiquem em Paz!

24 de março de 2015

"Testemunho" - 04.10.2012

Recebido na AELA - 04.10.2012

Nota: entidade muito revoltada – escreve vigorosamente no incio e depois vai acalmando. Sobre um casal que estava a ser tratado – a esposa estava no banco

Desgraçada, desgraçada, ela já me enlouqueceu muitas vezes, agora tem de pagá-las, tem de pagá-las, desgraçada! Há-de ficar louca pois, louquinha! Ela e o marido, não é melhor que ela não, desgraçado! Desgraçada, nem a pão e água deviam estar! Ainda tem muito do me tirou, desgraçada, ele também não é melhor não. Deixem-nos! Eles tem de pagar, belas prendas, belas prendas que são pois! Coitadinhos! E aqueles que eles já mataram? Que levaram á loucura? E esses? Eu sou um deles? Quero vingar-me pois! Desgraçados! Os dois, pois! Os dois! Não há um melhor que o outro! Desgraçados!

 (tentei esclarecer)

Pois sim! Pois sim! Tontos! Balelas! Quem fáz, paga e pronto!

  (tentei esclarecer)

Oiço o quê? Falam bem, mas só me querem agarrar?

 (e recomeça a escrever com letra mais pequena e  mais calma)

custa-me  a crer, custa-me a crer que alguém se lembre de mim, não fui boa rêz… fiz poucos amigos e da família…. Que família? Nem me lembro…. Nem me lembro….

 (tentei esclarecer)

Obrigada, eu vou, espero voltar um dia, eu vou.
Desculpem, eu vou, levo-os comigo, eu vou.

22 de março de 2015

Amor perdido - 04.10.2012

Recebido 04.10.2012  na AELA

Resultado de imagem para esperança
Nota: sobre uma senhora que estava a ser tratada.

Coitadinha, coitadinha da gordinha, que é muito infeliz, coitadinha! É uma lontra, uma lontra desgraçada e preguiçosa! Que vem para aqui fazer? Papas de bruxa, lotarias, cheiros e dinheiros benzidos, alecrins especiais, para quê? Não é isso que fáz o homem gostar dela! Isso é que era bom, sim! Amor? Cultiva-se, não se compra menina! Amor, partilha-se de coração, não é fingidisse de figura e de aparência, o que é que julgam? O amor também não é empanturrarem-se de pão! Mais vale, dar carinho do que armazenar pão!

 (tentei esclarecer)

Eu vou, eu vou. Obrigada, eu vou! Perdoem!

Irmã de Verdinho - 04.10.2012

Recebido a 04.10.2012 na AELA

Boas noites!
Resultado de imagem para esperançaMinhas queridas, meus irmãos com alegria nos reencontramos. Todos já fomos estes que aqui estão agora em sofrimento. Despidos de corpo e de alma, choram e fogem; escondem-se uns atrás dos outros, julgam-se prisioneiros das almas a quem apenas desejam ser uteis e solidários, com os seus sofrimentos. São prisioneiros sim, mas do seu desconhecimento, dos seus remorsos e das suas vergonhas. São prisioneiros da sua falta de fé... Meus irmãos queridos, tantas; tantas lágrimas derramadas apenas pelo desconhecimento de que a nossa responsabilidade e o nosso viver agora se refletem no nosso amanhã... apenas colhemos o que semeamos...
Pai, que o Vosso Amor a todos chegue, que as nossas consciências despertem e nos conduzam á verdade e á luz.

Uma irmã
ainda a aprender a viver e a amar.

Bernardo - "A passagem" - 04.10.2012

Recebido na AELA 04.10.2012   

Bernardo!
Resultado de imagem para luz no fim do tunelCom um abraço fraterno vos saúdo! Com a nossa passagem para o outro lado da vida, todos choramos, muitos julgam que os afetos se perdem, que  o auxilio se esgota, que apenas o desespero é a realidade após a partida dos nossos amados amigos e familiares...
Quanta ilusão meus irmãos! Secai vossas lágrimas! Encontramo-nos e reencontramo-nos várias vezes sob este e outros sois, sob estas e outras estrelas, sob estas e outras luas! Sempre a brisa do vento fresco nos fará relembrar os caminhos de quem amamos, sempre as flores de todos os jardins nos farão recordar os sorrisos dos que estão ausentes - em qualquer dimensão.
Uns e outros temos de seguir em frente, temos de evoluir pela dor ou pelo amor. Segui amando, pois assim sintonizais melhor todos os que vos amam, relembrando-os e permitindo que o auxilio e o amor do Pai a todos ampare, console e faça compreender que a vida continua!
Com um abraço fraterno me despeço. 

Palavras soltas - "Lágrimas" - 27.09.2012

Recebido na AELA 27.09.2012  

Tantas lágrimas choradas
Tantas lágrimas roladas pela face

Tantas dores desveladas
Tantas dores que podiam ser evitadas

Tantas luzes apagadas no caminho
Tantos caminhos sofridos

Tanta solidão
Tanta escuridão!

Nasci um dia
Morri noutro dia
Renasci num amanhecer de luz
Voltei a ser gente!

Uma irmã,
apenas a partilhar o seu viver e ainda hoje a  aprender

*********

Recebido a 04.10.2012 

Doutores
Somos nós,
quando aprendemos a lidar com as dores!

Sonhadores
Somos nós quando queremos acabar com as dores sem as compreender e respeitar

Realistas
Somos nós quando aceitamos que temos muito para aprender até sermos " Doutores"

Doutor, é o Sábio e o humilde que sabem ser amor.

Um irmão,
a brincar com as palavras e as verdades da vida.


***********

Entre escorregões e tropeções
Despedaçamos corações…

Entre louvores e orações
Abrimos nossos corações,
À caridade e à humildade

Entre o dia e a noite
Reconhecemos a foice que nos segue, que nos assusta e nos fáz reconhecer o quanto somos pequenos e ignorantes, o quanto precisamos de deixar de ser mesquinhos para podermos a mão a nosso irmão.

Um irmão
a brincar com as palavras e as verdades da vida.


Irmã das Rosas - 27.09.2012

Resultado de imagem para rosas em botãoRecebido na Aela a 27.09.2012

Nota: Entidade esboçou um botão de rosa

Rosas
Rosas vos trazemos com carinho. Os Obreiros do Bem são sempre poucos. Nesta Terra existe tanto sofrimento entre encarnados e desencarnados. Continuamos interligados; todos aprendemos com todos.

Uma irmã,
na vida

"Minha Mãe espera-me" - 27.09.2012

Recebida na AELA a 27.09.2012  

É pá caí,  por ali abaixo, nem sei como comecei, nem sei como parei, apenas sei que vim por ali abaixo… Não percebo nada, mas onde é que me encaixo? Para onde vou, para onde vou? Que é de mim agora? Como vou daqui para fora? Tanto barulho, tudo sujo, tudo escuro? Não sei se é escuro ou sujo? Não, é só escuro! Mas porque está tão escuro? Que fazem aqui? Estão a dormir? Palram, palram, segredam, que fazem aqui também já morreram? Então porque estão sentados e eu não? Mas quem manda aqui? Rezam, segredam, ora gritam! Já sei que morri, já percebi já sei que uns vão e outros ficam! Pois ficam e voltam a ficar, mas não são obrigados? Porquê? Para quê? Dizem-me para aprender? Aprendo a ler? Aprendo o quê? Às escuras? Não entendo onde vim parar, nem como vim! Isso então ainda é mais esquisito!
Resultado de imagem para braços abertos
   (tentei explicar, que tinha chegado a hora de receber auxilio... e continuei)

A minha mãe espera-me! Espera-me? Não a conheci, não a conheci…

(entidade chora)

Obrigada, voltarei para vos agradecer!
Obrigada.

Palavras soltas - 27.09.2012

Recebido na AELA 27.09.2012

Doí-me o coração
Doí-me a alma,

Roí.me a alma
Roí-me o coração

Já perdi tanto tempo
Vivo sem alento...

Procuro a luz 
Procuro a paz

Mas o que é isso ?
Corro, fujo do rebuliço?
Onde posso recomeçar a viver?
Aqui ou em qualquer lugar!

Quem me ajuda  
A caminhar
Quem me dá a mão?
És tu meu irmão?

um irmão,
a brincar com as palavras e as verdades da vida.

Evangelho no Lar - "Familia" - 22.03.2015

Recebido a 22.03.2015 depois da Oração Evangelho no Lar no nosso Lar.

Resultado de imagem para familia
Bernardo,
Com um abraço fraterno vos saúdo!

A família são os elos mais fortes que nos reúnem na Terra, ou em qualquer lugar onde nos encontremos. Nestes reencontros e desencontros entre as relações de parentela, se fazem acertos importantes, onde se aprende o perdão, a compreensão, a tolerância e o amor fraterno. É na vivência diária com os bons e os maus momentos, que nos exercitamos, que colocamos em prática tudo o existe em nós, tudo o que já aprendemos sobre o Amor e Caridade.  Ninguém pode dar o que não tem..  o vaso seco no deserto não pode saciar a boca seca do viajante....
Nos bons momentos, vivemos com alegria, até esquecemos que somos filhos de um Deus de Amor!  Nos momentos de aprendizagem, desesperamos - julgamo-nos sós...
Nos momentos de dor, esquecemos que só por esta via aprendemos aquilo que não devemos fazer aos outros... se nos magoa a nós, devemos ajudar e evitar que nossos irmãos passem pelas mesmas dores... Com este Auxilio Fraterno, crescemos, tornamo-nos pessoas mais felizes, mais realizadas, mais harmonizadas... mais em Paz! Assim nos vamos aproximando mais da Luz!
Com um abraço fraterno me despeço.