As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


31 de julho de 2016

Palavras soltas: "O rio desce..." - 28.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA - 28.07.2016

Se no rio desce a água
Na minha face escorrem lágrimas
Umas de dor, outras de alegria...

É tudo um sentido natural...
O rio nasce na montanha cheio de Graça
O meu sofrimento vem de mim mesmo



Quanto tempo será necessário para eu ser Luz, Harmonia e Graça?
Oh Deus!
Não sei desabafo apenas...
Ou se oro por compaixão...
Nas tuas mãos me entrego!

Um irmão
a brincar com as palavras e as verdades da vida


Testemunho: "Sou como aqueles que critico..." - 28.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA - recebida durante um tratamento

Ora então vamos lá a ver, têm medo de papões, almas penadas e quê mais? Não dizem que têm medo da própria sombra?  Então têm medo que vos critiquem, senhores perfeitinhos, senhoras de muita virtude?  Olha, olha a nata da nata está aqui reunida!!!  Tal e qual como muitos! Vão á missa, fazem tudo certo, batem no peito, dizem Ámen!  são da igreja, são os primeiros a criticar a roupa do padre, o cabelo da vizinha, os sapatos do miúdo, os brincos da miúda...  que hipócritas!!!  Já se viram ao espelho? Para verem o corpo e a alma? já fizeram isso?   Olhar para um espelho para me pavonear, já o fiz muitas vezes... agora para refletir sobre mim mesmo... nem pensava nisso, e olha agora aqui venho, mostrar o que nada sou, nada fui... 
                                                                 que vergonha...

                        (Tumulto na sala ao tratar de uma pessoa)

Pois, quando aqui cheguei,  era como estes, só queria ir embora... vivia a bater no peito... saía da frente do espelho e era uma bisca de primeira, sempre com o dedo apontado!!!  E assim aqui cheguei, sem ninguém a rezar por mim, sozinho... totalmente vazio...
Fechei-me no espaço e no tempo... não faço ideia quanto tempo assim estive... apenas recordo um dia sentir uma lágrima a rolar pela minha face... e ao mesmo tempo estar a pedir piedade a Deus, àquele Deus a quem um dia eu orava com fé e devoção.., Não sei explicar como fui ficando seco e amargo... Família? Não recordo se tinha ou se era importante para mim, tornei-me demasiado convencido de que era bom... perdi tudo entendo, mas sem noção exacta do quê...   Quero perder este hábito de recriminar... quero aprender a colocar-me no lugar do outros... e é isso que me vai acontecer... tenho de provar do meu próprio veneno... e olha que a produção foi enorme... Meu Deus, não consigo continuar a ditar... apertasse-me a garganta... assim não ajudo ninguém... Adeus!
João Norte

                        (Seguiu para o seu plano espiritual amparado pelos Irmãos de Luz aqui presentes)


Testemunho de Arrependimento: "Fèrias de mim mesmo" - 28.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA - ultima mensagem da noite 28.07.2016


É pá, férias!? Eu queria era férias de mim mesmo!  Estou farto de me ver, de me sentir, de saber a bela peça que fui...  Não há hipótese de apagar a malta? Passar uma borrachita na consciência dos tótós!?  Era muito útil! Há malta que daria o coiro e cabelo para isso! Como as bulas, pagas para comer carne! Não é interessante?!  É pá, até onde desce a dignidade humana!  Fui, sou um dos primeiros a falhar... não tenho nada que abone a meu favor... Nem acreditam no grupo de tótós como eu que estamos aqui, chavalecos e velhos e velhas!  E olhem que ninguém se está a rir... nem eu... brinco para não chorar...
É pá, olha adeus! Fui! Não tenho nada de interessante para dizer.

Miguel "Laço"


Evangelho no Lar / Frei Bernardo : "Descanso da Alma" - 31.07.2016

Psicodigitação recebida depois da Oração Evangelho no Lar na nossa casa.

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

O repouso da alma acontece quando a sua consciência está em paz.
Cada um de nós tem o seu papel para cumprir, a sua evolução para atingir... todas as oportunidades para fazer o Bem devem ser aproveitadas, todo o Bem que poderíamos fazer e não fizemos, constitui-se uma divida que um dia terá de ser paga.

Cuidemos de nossa actuação a cada momento, zelemos para que estejamos sempre dentre da Lei do Amor do Pai.  Vejamos em cada Irmão um pedaço de nós mesmos, já que todos temos a mesma Fonte. Tudo o que fazemos ou desejamos para os outros para nós voltará com redobrada intensidade...

Repousai vossa alma em verdes pastos, se a vossa consciência está tranquila... dai o vosso melhor... e os Anjos do Senhor sempre virão em vossa auxilio até lá chegardes.

Com um abraço fraterno nos despedimos.


24 de julho de 2016

Oração Evangelho no Lar/ Fei Bernardo: "Sigamos juntos" - 24.07.2016

Psicodigitação recebida depois da Oração Evangelho no Lar na nossa casa.

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

A alegria de viver também é algo que se conquista através do nosso entendimento, da nossa
compreensão sobre as Leis da Vida Maior.


Todo aquele que entende que a prova que enfrenta neste momento, é a lição que se fáz mais necessária ao seu desenvolvimento, vive em paz, faz o seu melhor e segue em frente, com a confiança de um filho em seu Pai.

Recordai-vos, a vida na Terra é apenas uma breve passagem, a vida é eterna, composta de muitos ciclos, de muitas oportunidades de crescimento.
Nos dias mais dolorosos, detei-vos por momentos em recolhimento buscando as forças que vem do Alto, buscando no fundo da vossa alma a coragem para seguir em frente... não estamos sós! 
Nos dias de alegria, detei-vos uns momentos também, em reconhecimentos por todas as Graças recebidas.  Somos tão amados e tanta dificuldade temos em o aceitar e compreender... por isso nos desesperamos e sofremos.

Ame-mo-nos, sobretudo amemos! Deixemos de lado as nossas diferenças, demos as mãos, sigamos juntos na Estrada da Vida.

Com um abraço fraterno vos saudo.



23 de julho de 2016

Frei Bernardo: "Amizade" - 21.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA - 21.07.2016 - 1º mensagem da sessão.

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

Amizade é um sentimento de tolerância.

Todos nós precisamos de um ombro amigo, alguém que nos dê a mão num dia mais confuso, num dia de trabalho mais árduo, num dia de chuva em diluvio ou num dia de seca... ~

Mas também a nossa alma precisa de partilhar a gratidão que sente pelas muitas Graças recebidas, pelas noites frescas e estreladas, promessa de muitas Graças vindoiras...

Sejamos nós, instrumentos conscientes do amor, compaixão e sabedoria de Deus na Terra entre todos os Seres com quem convivemos, de todos os reinos, de todas as dimensões.
Tenhamos a coragem de enfrentar a Vida de braços abertos sabendo que nós apenas responderemos pelas acções.

Com um abraço fraterno me despeço.


Irmã de Verdinho: ...Apenas o corpo fica para trás"... - 21.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA - 21.07.2016

Boas noites, santas noites
Minhas queridas, meus irmãos, com alegria nos reencontramos, somos todos poucos nesta tão Grande Seara de dor...

Muitos aqui chegam em estados que nem imaginais... muitos são recolhidos pelas Equipas Socorristas que trabalham nas zonas de sofrimento junto à Terra... são tantos os que partem sem darem por isso, sem o menor conhecimento de que a Vida continua... apenas o corpo fica para trás...

Muitos ficam junto ao corpo num desespero e tristeza indescritíveis,,, sentem o movimento dos vermes na decomposição do corpo... não se apercebem que tudo o que é material não pode destruir o espírito, este sim, é Eterno! Choram julgando estar a ser devorados, deixam estar junto ao corpo, porque desconhecem qualquer outra realidade... julgam-se loucos!!...

Tantas lágrimas que poderiam ser evitadas, tantas dores que poderiam ter sido evitadas...
Irmãos, educai, instruí todos os que vos for possível, ainda que não o aceitem, algo fica na sua consciência... e no momento da passagem, recordarão vossas palavras! Sede um instrumento de verdadeira Caridade! Mostrai o caminho para a Paz!

Dai a conhecer, que ninguém está sozinho no momento da morte e sempre que desejado ou pedido, pelo Amor do Pai, o Auxilio se faz presente pelas muitas brigadas de Socorristas espirituais que em Missão nos acompanham, pelos nossos familiares e amigos também já deste lado da Vida ou pelos nossos Anjos da Guarda! Ate aqui, beneficiamos de Mentores que nos auxiliam e acompanham nas nossas Missões, o trabalho continua!

Que o Amor do Pai nos envolva e inspire sempre.
Uma irmã, ainda a aprender a viver e a amar


Testemunho: "Um dia morri" - 21.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA a 21.07.2016


Um dia morri, não adianta dizer de outra forma, é chamar as coisas pelos nomes. Deixei de ser quem era mas continuei a existir!!! Essa foi a maior surpresa que já tive! Mas há muitos mais como eu não julguem! Hoje já passado muitos anos do momento em que morri, já consigo fazer graçolas sobre o grande idiota que fui! Mas olhem que chorei muitas lágrimas... "bati no fundo do poço"... como nunca imaginei... Eu que tinha medo de conversas sobre espíritos, tinha medo de almas penadas... dei por mim, um dia, a ter consciência de que era uma dessas almas penadas!!.... conseguem imaginar o que se sente nesse momento? O pânico de ser aquilo de que mais medo se tinha?!!!! Mas como chegamos a este estado!???... Sou católico, pouco praticante, mas sempre ouvi aquelas histórias da catequese... eram histórias, nada mais... tinha de estar ali com os outros miúdos e pronto! Empinavam-se as histórias, vomitava-se o que queriam ouvir e pronto, éramos miúdos bem comportados com direito ainda a sobremesa!!! É este o nosso envolvimento na catequese e o dos nossos pais que se portaram e portavam como nós!! De certeza muitos se identificam comigo!! Lamentavelmente...

Passado muito tempo, entendo que o ensino, a passagem de conhecimento sobre as verdades da vida, deve de ser feito tanto na prática como na teoria! Se se ensina que a Vida Continua, então que se mostre que é necessário ter responsabilidade sobre as nossas acções, que colheremos aquilo que agora plantamos... Se se ensina que a Caridade é o caminho da salvação, então que se pratique, que se mostre no dia a dia, a boa vontade, a tolerância, a compaixão no apoio aqueles que estão á nossa responsabilidade - á nossa família directa, aos doentes nos lares, aos jovens desorientados, que se distribua pão aos mendigos... que se viva o Espírito Cristão que se apregoa... Sempre é fácil recomendar aos outros o que deva ser feito, mas ficamos nós de perna cruzada... bonito!!! Hà tantas oportunidades para se fazer útil... é só olhar para o lado! O que há mais é gente a precisar, ás vezes mais de uma palavra do que de pão! Tanta solidão, tantas lágrimas...

Áh meu Deus, sim agora chamo por Deus,mas com a Gratidão de ter alcançado a compaixão de Deus, hoje reconheço o longo caminho que já fiz até aqui... De Filho Ingrato, passei a Filho humilde e reconhecido pela ajuda e pelo perdão que tenho recebido... Estou muito longe da perfeição, apenas vivo com outro estado de consciência, reconheço que não morremos, apenas o corpo fica para trás, a vida continua e a vida de trabalho continua!... Parece uma coisa simples, mas asseguro-vos que foi preciso muito tempo para estar aqui a escrever com calma e consciência do que estou a viver, a fazer...

Tenho a certeza de que fui socorrido e dei muito trabalho... fiquei louco com o sentir que estava a morrer e no fim ver-me vivo!!! Não soube lidar com isso... não recordo todo o desespero que vivi... o corpo a desaparecer, o abandono dos familiares, ninguém me via, respondia... mendigar um carinho, uma resposta... foi a loucura...

Hoje inicia-se novo ciclo da minha existência, vou com outros como eu, para novas paragens, as oportunidades de trabalho e instrução continuam... Quero mais, quero retribuir este amor, esta
caridade que recebi, que tenho recebido... devo isso a quem me lavou a cara, me enxugou as lágrimas e esteve a meu lado deste lado da vida! É meu dever retribuir!

Agradeço a Deus a Graça de poder deixar o meu testemunho de loucura, faz parte da minha gratidão, se alguém ler estas palavras, que reveja o sentido que dá a sua vida... eu não fui responsável e paguei caro a minha incúria, o meu desvalorizar a realidade de que não morremos, não desaparecemos e forçar a morte, só nos complica ainda mais... para começar, a vergonha de ser ingrato e de ter pouco ou nada para mostrar... não me faltou nada na Terra, mas que uso lhe dei? Nada... apenas a minha barriga era importante... que vergonha sinto hoje...
Não sei quando poderei regressar à Terra, ou aqui... gostaria de um dia voltar para trabalhar convosco. Seja o que Deus quiser... Tenho como objectivo da minha vida, ser um Obreiro da Luz Anónimo, nada mais.

Obrigado por registares as minhas palavras, oxalá possam ser úteis para alguém, eu gostaria que alguém me tivesse falado da realidade nua e crua...

Um louco anónimo,
a tentar recuperar a sua vida,
até um dia se Deus o entender...
flores te deixo, minha gratidão.




Palavras soltas: "Rosas... flores representam AMOR" - 21.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA a 21.07.2016 - última da sessão.


Rosas Brancas
Rosas Amarelas
Rosas Azuis
Rosas vermelhas
Rosas em botão!
Todas as flores representam AMOR! Gratidão!

É o que oferecemos a todos s que se dedicam á causa do Bem


um irmão,
a brincar com as palavras e as verdadess da vida


17 de julho de 2016

Frei Bernardo: "O poder de um abraço" - 14.07.2016

Recebido na AELA a 14.07.2016 - psicodigitação - 1ªa mensagem da sessão.




Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

O poder de um abraço é inimaginável, pode alterar uma vida, e essa Vida pode alterar o curso de milhões de outras!

Cada um de nós tem a sua responsabilidade para consigo próprio e para com aqueles com quem partilha o espaço e o tempo.

Cada um de nós tem a sua Missão para cumprir, se nesta Vida ora somos o Porteiro ou o Senhor, em cada Missão, devemos-nos obrigar ao respeito, á caridade e á verdade. Estes são sentimentos igualmente necessários em todas as tarefas que nos sejam apresentadas. Para uns é hora de tomar o destino de muitos nas suas mãos e manter com coragem, tolerância e fé, o rumo a seguir - vede que todo o rebanho necessita de um bom pastor para atravessar os campos de erva verde em segurança!

Para outros, é tempo de consolidar em si mesmos a humildade, a fraternidade e a compaixão.
Estamos todos lado a lado, para que nos amparemos, abracemos e sigamos em frente.

Com um abraço fraterno me despeço.


Evangelho no Lar/ Frei Bernardo: "Todo o que é fragil merece compaixão" - 17.07.2016

Recebido depois da Oração Evangelho no Lar a 17.07.2016

Bernardo

Com um abraço fraterno vos saúdo!

Todo aquele que é frágil - em qualquer circunstância - merece a nossa atenção e compaixão.

É na forma de dar assistência ~ ou ignorar a sua necessidade - que nos revelamos como Seres bem formados, com um coração cheio de amor, no Caminho certo para a perfeição, para atingir a Luz, a verdadeira felicidade!

A Vida é uma roda, um ciclo pelo qual todos passamos. Umas vezes somos o Senhor, outras vezes somos o mendigo, o doente, o velho abandonado ou a criança sozinha na rua...  Todos nós temos a mesma origem, somos Filhos do mesmo Pai Bondoso, Sábio e Justo. Somos todos Irmãos e todos recebemos apenas o fruto da nossa semeadura no fim da Estação.

Façamos apenas o que gostaríamos que nos fizessem a nós, e tende a certeza, alcançaremos a felicidade e paz na nossa Vida.

Com um abraço fraterno me despeço.


Irmã de Verdinho: "Almas acordam..." - 14.07.2016

Recebido na AELA a 14.07.2016

Boas noites, Santas noites
Minhas queridas, meus irmãos com alegria vimos ao vosso encontro de braços abertos, tantas almas acordam, tantos espíritos renascem após um abraço sentido, cheio de carinho, pleno das nossas melhores vibrações e fluidos... são apenas o curativo necessário para um irmão que se sente só e derrotado - que sinta amor de novo, relembre que é amado por Deus e "volte a viver".

Àh meus queridos irmãos,  quantas vezes julgamos que é uma boa casa, dinheiro no cofre que faz um vivente feliz... grande ilusão...   é o amor, um abraço, um sorriso que faz um Ser sentir-se vivo...

Quantos agridem, fogem com medo... tanto medo... de não receberem em troca o amor que pensam dar... que gostariam de dar...  Quantos se isolam em si mesmos com estes mesmos sentimentos... Perdem-se assim tantas oportunidades de ser feliz e fazer alguém feliz... Nada é mais contagiante do que a felicidade!

Pai, a Ti rogamos por entendimento, por resignação para aceitar os desafios que Nos apresentas.

Uma irmã,
ainda a aprender a viver e a amar



Testemunho: "Quem tem pedido por mim? - 14.07.2016

Recebido na AELA a 14.07.2016

Ai eu sei lá o que me dói, eu sei lá o que quero, sei lá o que tenho, sei lá o que sou... sei lá para onde vou... estou cansado, muito cansado... muito cansado, já não tenho forças para me erguer, para falar ou para sequer me mexer... estou a "desaparecer" a tornar-me invisível, porque desaparecer já entendi que não desaparecemos infelizmente... nada sou nada fui... nada serei... nada, nada sou...   mas porque não consigo sentir-me de modo diferente?  Onde comecei eu a perder o sentido da vida?  ou será que alguma vez o tive?!!não me faltava nada!! e nada tinha sabor!! via mendigos á chuva muito mais felizes que eu!! tinham um brilho nos olhos que eu nunca tive, um sentido de vida que eu nunca entendi até hoje...  nunca entendi que é abraçando um irmão, dando um pouco de nós mesmos que muito mais se recebe! é um sentimento que até chegar aqui eu nunca tinha entendido... para mim dar , era dar pão! não um pouco de nós em cada sorriso, em cada aperto de mão... e em nada tinha alterado a minha fortuna, dinheiro não me faltava, não era a razão da minha indiferença... também não era soberbo, nem impostor... apenas indiferente a tudo, ao sol, à chuva; ao vento... à vida...   tinha tudo e nunca soube apreciar a vida... existia e continuava a existir... apenas isso!!  não me lembro quando deixei o corpo... diria que estava numa crisalida de cristal, via tudo e em nada cria... nem sei se era ver!!... nada me fazia reagir, perdi a noção da vida... como um insecto no âmbar... aprisionado num cristal...


Ao longe a leve recordação de uma pessoa a dar-me coragem: "querido, segue em frente! estou contigo, estarei á tua espera!!"  como um leve eco, tão distante quanto presente, uma doce contradição que lentamente me fez bater o coração de novo... um batimento por ano diria, depois dois batimentos, depois três... até ao dia de hoje... mas de quem é esta voz?! de tão desconhecida que é, é-me familiar... que contradição!!!  sinto á noite um caloroso abraço... sem ver quem é, sinto-lhe a presença... estou vivo de novo, confuso...  alguém reza por mim desde á muito!!  Minha mãe, seria? será?  mal recordo a sua face... as suas mãos...  seu calor... já passou tanto tempo...  é uma lembrança tão vaga...  estou cansado.. tenho tanto sono.... alguém me espera!?? é isso? alguém me ama... vivo de novo..
Até um dia, preciso descansar, entender... tive sorte... alguém me quer bem mesmo quando eu nada ofereci... foi preciso toda a minha vida para chegar aqui e neste momento ser grato por um carinho que nunca soube agradecer nem reconhecer... uma vida desperdiçada... como fui eu perder o sentido da vida... até breve, um dia, se poder aqui, vou para o hospital descansar, meu Deus, estou vivo de novo!!! agradeço a caridade.

                           (segue para o seu plano espiritual comovido com a assistência e carinho que agora 
                           recebe dos irmãos espirituais e socorristas aqui presentes nos trabalhos)



Palavras soltas: "Um abraço" - 14.07.2016

Recebido na AELA a 14.07.2016

Um Abraço
Vence todo o cansaço!

Uma Lágrima
Revela muita dor

Uma Oração
Anima todo o coração

Uma Esperança
Renova uma Vida!



Um irmão
a brincar com as palavras e as verdades da vida

Testemunho: "Vou para junto dos outros..." - 14.07.2016

Recebido na AELA 14.07.2016 - Psicodigitação - Ultima mensagem da sessão

E pronto, lá vamos nós de novo,  blá blá blá, já sei, vivi, morri e continuo a viver!!! Brilhante!! Pena não saber disto antes!  Pensei que com a morte ficava livre de tudo, de todas as chatices, raios!  Coragem para me matar nunca tive!.. Podia falhar e ainda ficava a sofrer! Safa!  Nem posso crer pá!  Olhas as voltas que a vida dà, irra!  Mas quem é que raio ia advinhar??? QUEM?  Já entendi tudo, não me apetece falar mais. Vou para junto dos outros tolos como eu!
Obrigado, apesar de tudo obrigado. Até um dia! Nem posso crer!...

             
               (seguiu acompanhado pelos irmãos espirituais e socorristas aqui presentes,  remoendo  
               os seus sentimentos, para junto de um grupo com as mesmas caracteristicas. Seguirão
               no final dos trabalhos para casas-escolas no plano espiritual adequado aos seus estados)


10 de julho de 2016

Evangelho no Lar/ Frei Bernardo: "Ciclos de Vida" - 10.07.2016

Recebido na Oração Evangelho no Lar - doce mensagem fazendo referencia ao meu aniversário.  Minha Gratidão.

Resultado de imagem para borboleta

Bernardo

Com um abraço fraterno te saudamos.

Ciclos de vida sempre se sucedem, nesta ou em outra dimensão... uma aprendizagem, pressupõe outra na mesma direcção ou noutra onde o caminho para a perfeição se faça mais urgente.

Cada Ser progride pela sua vontade e entrega à sua Causa.
Se o Amor é a base, todas as acções e pensamentos são baseados em verdade, compaixão e tolerância. Pouco mais é necessário do que a vontade de ser um Obreiro da Luz em qualquer circunstância - vivendo num ambiente abastado ou humilde, porque o Amor é a verdadeira riqueza que se acumula e se pode distribuir sempre, porque a sua fonte é inesgotável!
Deus Pai, Creador de tudo e de todos, é fonte inesgotável de amor e de vida.

Estaremos a teu lado, a lado de todos, cuja Fraternidade seja uma das suas razões de viver!

3 de julho de 2016

Evangelho no Lar / Frei Bernardo: ..."de nada vale"... - 03.07.2016

Recebido depois da Oração

Bernardo

Com um abraço fraterno vos saúdo.

A sabedoria, se não é aplicada, de nada vale!
O Amor, se não é usado como balsamo de sofrimentos do próprio ou de seu irmão, de nada vale!

Tudo recebemos do Pai por empréstimo, para que usemos a favor da Caridade e do Progresso de tudo e de todos!  Todo aquele que se refugia no cume da montanha, crendo que está mais perto do Pai, tudo perde, pois que é no Serviço Fraterno que se encontra a "riqueza", é na atitude de bem querer que a alma se engrandece e o espirito cresce!

Com um abraço fraterno me despeço.





Oração Mensal / Frei Bernardo: "Vamos orar?" - 03.07.2016

Recebido na Oração Mensal a 02.07.2016

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

Que a Luz, o Amor e a Harmonia preencha os vossos Seres, as vossas vontades, os vossos sonhos e os vossos dias.

Que a Caridade Fraterna seja o vosso leme e anime os vossos corações.

Que a Humildade nortei os vossos passos na subida da Montanha até á Luz.

Que a Compaixão aqueça o coração de todos os que desejam se aproximar do Alto.

Convosco no caminho estaremos, sempre que o vosso desejo assim o expresse.

Com um abraço fraterno nos despedimos.


2 de julho de 2016

Frei Bernardo: "Somos um só" - 30.06.2016

Recebido a 30.06.2016 - 1ª mensagem da sessão

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

Somos um só Povo, à procura de Paz, de Amor e de Felicidade. 
Cada um de nós segue por uma estrada. Cada trilho, tem as suas pedras, espinhos, zonas de sombra e zonas bordadas por frescos lagos ...  onde nos podemos repousar e repensar sobre as nossas atitudes... onde poderíamos ter feito melhor, e reforçar a nossa intenção de continuar a subir a Montanha até ao cume...
Cada momento, cada minuto exige de nós força de vontade!  Todos com o objectivo de nos tornarmos melhores, mais perfeitos, mais amorosos...  Alcançar a Paz e a Harmonia é a Bênção que todos desejamos, e todos obteremos um dia na Casa do Pai.

Coragem! O caminho é longo e espinhoso, mas não caminhamos sozinhos, o Amor do Pai nos acompanha a todos.

Com um abraço fraterno me despeço.




Irmã de Verdinho: " Bem hajam!" - 30.06.2016

Recebido na AELA a 30.06.2016

Boa noite, Santas noites

Com alegria vimos ao vosso encontro. 

Tantos irmãos aqui chegam completamente desnorteados, sem esperança, completamente incrédulos sobre tudo o que os rodeiam...                                   julgavam que a morte fosse o seu fim... 
julgam-se loucos ao verificarem que continuam a viver... tanta ignorância, tanta dor...  tantas lágrimas...


Bem hajam todos os que se dedicam á Caridade Fraterna e dedicam as suas vidas ao exercício do Bem, em todos os momentos da sua existência.
 
Que o Amor do Pai nos inspire, nos fortaleça e nos reúna.

Uma irmã,
ainda a aprender a viver e amar.



Testemunho: "Morre o corpo e vivemos?" - 30.06.2016

Recebido a 30.06.2016 na AELA

Morre o corpo, eu já sei que o corpo morre, já entendi... este  corpo, que ficamos com outro mais leve... que continuamos a ser nós próprios... já entendi... o que não entendo é porque é que ninguém fala disto? Ou se falam é em segredo, escondido dos conhecidos e vizinhos... mas porquê?  Se não matam nem esfolam ninguém... então qual é a razão de tanto secretismo?  ou eu não estou a entender?!! 
                                         (tentei esclarecer mentalmente, aqui somos um grupo que apenas              
                                          deseja ajudar e esclarecer...)

Já entendi - aqui é uma Casa de Oração para ajudar muitos como eu, que nunca aceitaram nem faziam ideia de que afinal não morríamos!!!  olha me esta!! Mas quando é que eu ia imaginar!!!?  É demasiado incrível...  porque não se ouve ninguém falar nisto?   Se calhar até ouvi algumas coisas, mas julguei tratarem-se de argumentos de filmes... e há cada um, um pior e mais louco do que o outro.... este assunto não merecia a minha atenção nem consideração... era coisa de loucos e fanáticos!    e olha que eu conheci verdadeiros fanáticos que matavam sobre o pretexto de ser em nome de Deus!  um Deus qualquer,,, Sempre fugi desse assunto, até medo tinha de me chegar a essa gente... loucos, doidos, sem rumo na vida, alucinados...    Depois haviam também aqueles que tudo vendiam em nome de Deus, terra santa, água santa, rezas milagrosas... levavam todo o dinheirito de gente pobre, miserável, desesperada... como podia eu aceitar que existisse um Deus que permitia tudo isto?  Afastei-me de tudo o que tivesse a menção de DEUS  ou de vida espiritual... era verdadeira loucura...   
 E olha, a "loucura" está mesmo á minha frente!!!!  O que vagamente me prendeu a atenção e eu não acreditei, vivo-o agora!!!  mas como é isto possível? Vivo!!! Ando, falo, vejo!! Relembro o meu passado pouco honroso e digno... e envergonho-me... nada de útil fiz... casas carros, livros, o estatuto que tinha... de nada me servem a aqui... aqui ou só eu...
ou seja... nada...  nada...   nada de que me orgulho perante a nova realidade...   

Já sei que vou seguir para um lugar-Escola onde me será explicado muito mais...  era bom...
Talvez me possa redimir, se me for permitido ter um papel de divulgação disto na próxima vida junto de muitos como eu fui...

Agradeço o registo da minha loucura, se alguém o ler... talvez  incentive alguém a aprofundar o que ouve... essa foi a minha grande falha...
Até um dia

Carlos T.


Testemunho: "Anjo da morte?" - 30.06.2016

Recebida na AELA a 30.06.2016 - ultima mensagem da sessão-

Não vi o anjo da morte, e no entanto morri!! Não o vi e ele trouxe-me para aqui! Só pode ter sido ele!! Quem é que me traria para aqui? Não conheço ninguém aqui!  Estão todos tão sossegadinhos!

                                                                                           (referindo-se aos trabalhadores da sessão)

Não têm medo?  Estão a falar com mortos vivos!!  Somos muitos aqui!!    Uns choram, outros gritam e barafustam, outros estão calados a observar, outros falam convosco, eu escrevo?!!!!  que coisa mais esquisita....   Na catequese não foi isto que ouvi!   Onde estão os anjos de asas brancas, que voam, que tocam musica!?  Onde estão as nuvens brancas por onde andam os anjos?  Mas então,  nada disto é como apregoam na igreja!!  Os padres sabem ou não do que falam?  Não entendo?!   Aqui temos pessoas normais a receber-nos!  Falam pouco, mas sinto-me bem!!  No entanto sinto mais o que não dizem do que aquilo que dizem... é estranho... Vivo?!!!  E alguém cuidou de mim!!!  porque não recordo os detalhes desta fase da minha vida!!? Há quanto tempo ando por aí?  Parece que foi ontem, e no entanto dizem que já aqui estou há muito tempo...  não entendo...
 
Meu Deus, tantas camas?! Também tem aqui um hospital para os que morrem?   Tantos deitados, estão mesmo mortos ou dormem?  Dormem como eu dormi? Mas que sono tão intenso...  que estranho... no meu caso o que merecia eram um bom par de gritos para ver se entendia!!!   
Vi tantas imagens de anjos nas igrejas, em livros... e nada se parece com isto!! Eu estou bem acordada agora!!  Nada é como se anuncia nas igrejas... e olha que corri várias!!!  Não se fala em dinheiro, mas estende-se o cesto para as esmolas, o dizimo para as obras do Senhor... mas qual Senhor?   O do bolso deles com certeza!!! isso nunca aceitei... 
Quais obras? As das casas deles!!!  Pois, soube de alguns casos assim... que vergonha...


Não vi o anjo mau e feio da morte... apenas encontrei Espíritos, almas boas a auxiliarem  quem aqui chega e quem aqui permanece adormecido... entendo a cumprir tempo de vida, até aceitarem em si mesmos, como eu, que a vida continua!  Diria que são enfermeiros, que dão a energia e cuidados que necessitamos para acordar e retomar-mos o nosso percurso... já entendi... vamos voltar é Terra!  Oxalá tenhamos mais força e juízo para fazermos bem melhor a nossa vida, a nossa graduação na escola... Meu Deus é tudo tão surpreendente.... tão real... como poderia eu adivinhar! como? 
Meu Deus!

Agradeço a todos os que se preocuparam comigo...
Agradeço-te o registo dos meus pensamentos... em tudo iguais aos de muitos que estão aqui como eu... 

Rogélia
A incrédula...