As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


23 de julho de 2016

Testemunho: "Um dia morri" - 21.07.2016

Psicodigitação recebida na AELA a 21.07.2016


Um dia morri, não adianta dizer de outra forma, é chamar as coisas pelos nomes. Deixei de ser quem era mas continuei a existir!!! Essa foi a maior surpresa que já tive! Mas há muitos mais como eu não julguem! Hoje já passado muitos anos do momento em que morri, já consigo fazer graçolas sobre o grande idiota que fui! Mas olhem que chorei muitas lágrimas... "bati no fundo do poço"... como nunca imaginei... Eu que tinha medo de conversas sobre espíritos, tinha medo de almas penadas... dei por mim, um dia, a ter consciência de que era uma dessas almas penadas!!.... conseguem imaginar o que se sente nesse momento? O pânico de ser aquilo de que mais medo se tinha?!!!! Mas como chegamos a este estado!???... Sou católico, pouco praticante, mas sempre ouvi aquelas histórias da catequese... eram histórias, nada mais... tinha de estar ali com os outros miúdos e pronto! Empinavam-se as histórias, vomitava-se o que queriam ouvir e pronto, éramos miúdos bem comportados com direito ainda a sobremesa!!! É este o nosso envolvimento na catequese e o dos nossos pais que se portaram e portavam como nós!! De certeza muitos se identificam comigo!! Lamentavelmente...

Passado muito tempo, entendo que o ensino, a passagem de conhecimento sobre as verdades da vida, deve de ser feito tanto na prática como na teoria! Se se ensina que a Vida Continua, então que se mostre que é necessário ter responsabilidade sobre as nossas acções, que colheremos aquilo que agora plantamos... Se se ensina que a Caridade é o caminho da salvação, então que se pratique, que se mostre no dia a dia, a boa vontade, a tolerância, a compaixão no apoio aqueles que estão á nossa responsabilidade - á nossa família directa, aos doentes nos lares, aos jovens desorientados, que se distribua pão aos mendigos... que se viva o Espírito Cristão que se apregoa... Sempre é fácil recomendar aos outros o que deva ser feito, mas ficamos nós de perna cruzada... bonito!!! Hà tantas oportunidades para se fazer útil... é só olhar para o lado! O que há mais é gente a precisar, ás vezes mais de uma palavra do que de pão! Tanta solidão, tantas lágrimas...

Áh meu Deus, sim agora chamo por Deus,mas com a Gratidão de ter alcançado a compaixão de Deus, hoje reconheço o longo caminho que já fiz até aqui... De Filho Ingrato, passei a Filho humilde e reconhecido pela ajuda e pelo perdão que tenho recebido... Estou muito longe da perfeição, apenas vivo com outro estado de consciência, reconheço que não morremos, apenas o corpo fica para trás, a vida continua e a vida de trabalho continua!... Parece uma coisa simples, mas asseguro-vos que foi preciso muito tempo para estar aqui a escrever com calma e consciência do que estou a viver, a fazer...

Tenho a certeza de que fui socorrido e dei muito trabalho... fiquei louco com o sentir que estava a morrer e no fim ver-me vivo!!! Não soube lidar com isso... não recordo todo o desespero que vivi... o corpo a desaparecer, o abandono dos familiares, ninguém me via, respondia... mendigar um carinho, uma resposta... foi a loucura...

Hoje inicia-se novo ciclo da minha existência, vou com outros como eu, para novas paragens, as oportunidades de trabalho e instrução continuam... Quero mais, quero retribuir este amor, esta
caridade que recebi, que tenho recebido... devo isso a quem me lavou a cara, me enxugou as lágrimas e esteve a meu lado deste lado da vida! É meu dever retribuir!

Agradeço a Deus a Graça de poder deixar o meu testemunho de loucura, faz parte da minha gratidão, se alguém ler estas palavras, que reveja o sentido que dá a sua vida... eu não fui responsável e paguei caro a minha incúria, o meu desvalorizar a realidade de que não morremos, não desaparecemos e forçar a morte, só nos complica ainda mais... para começar, a vergonha de ser ingrato e de ter pouco ou nada para mostrar... não me faltou nada na Terra, mas que uso lhe dei? Nada... apenas a minha barriga era importante... que vergonha sinto hoje...
Não sei quando poderei regressar à Terra, ou aqui... gostaria de um dia voltar para trabalhar convosco. Seja o que Deus quiser... Tenho como objectivo da minha vida, ser um Obreiro da Luz Anónimo, nada mais.

Obrigado por registares as minhas palavras, oxalá possam ser úteis para alguém, eu gostaria que alguém me tivesse falado da realidade nua e crua...

Um louco anónimo,
a tentar recuperar a sua vida,
até um dia se Deus o entender...
flores te deixo, minha gratidão.