As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


22 de maio de 2016

Evangelho no Lar / Bernardo : "Abraço" - 22.05.2016

Psicodigitação recebida depois da Oração Evangelho no lar

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

Existe neste Mundo, tanta falta de carinho, tanta falta de compaixão... um abraço, uma palavra amiga, pode salvar várias vidas...
Porque não vivemos sozinhos, tudo o que fazemos ou deixamos de fazer, tem uma consequência para nós e para aqueles que dependem de nós e perante os quais, nos tornamos responsáveis pela sua dor, se poderíamos ter auxiliado e não o fizemos...

Tantos irmãos, para quem um simples sorriso poderia ter-lhes mudado o curso de seu destino... e nem nos apercebemos, de tão obcecados que andamos com o nosso próprio "viver"...
Mas a que chamamos "viver"?  Grande parte da Humanidade, não "vive": existe!... Vive centrada no lado físico, faz por esquecer o lado da vida espiritual e em como somos eternos, colhendo sempre o fruto de nossos actos.

Abracemos a Vida de coração aberto, com coragem e fé! Nada acontece por acaso, tudo faz parte da nossa aprendizagem.

Com um abraço fraterno me despeço.