As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


Conselho Prático

22 de maio de 2016

Bernardo: " A sua Verdade" - 19.05.2016

19.05.2016 -  Primeira psicodigitação recebida na sessão na AELA

Bernardo
Com um abraço fraterno vos saúdo.

Verdade, cada um tem a sua verdade. Cada um de nós vê a vida de uma forma, não é nem a mais correcta nem a mais incorrecta. Tudo é fruto das nossas experiências, daquilo que aprendemos sobre nós mesmos e sobre os outros.

Para uns, uma contrariedade é uma desgraça; para outros, é mais uma oportunidade para se colocar á prova, é mais uma ocasião de aprendizagem, de se sublimarem e elevarem a si próprios. Vejamos um exemplo: aquele irmão que partiu uma perna. Para si, se não tem fé no Amor do Pai, se não se acredita que nada acontece por acaso, partir este membro será uma desgraça… no entanto, sua alma pode sentir que terá sido uma Benção.  Esta condição tê-lo-á levado a ter mais momentos consigo mesmo, mais tempo para se dirigir ao Pai… alguns momentos de recolhimento. Poderá ter sido também um meio de evitar que este irmão se desloca-se para locais e situações que resultariam em grande prejuízo para o seu crescimento (futuro).

Verdade, é tudo aquilo em que cremos com todas as nossas forças, é tudo aquilo que conseguimos compreender.  É necessário ser tolerante connosco mesmos, aceitar que estamos aqui para aprender e que neste Caminho erramos muitas vezes, sofrendo e causando sofrimento. É necessário ter  a coragem para estender a mão seja a quem for. A Lei do Pai, na qual recebemos de acordo com as nossas acções, fáz com que toda a Vida seja justa.  Os desajustes á Lei do Amor levam-nos a situações de dor até que compreendamos que não nos compete a nós aplicar a justiça, exigir por vingança a rectificação da causa da nossa dor. A própria Vida na sapiência de Deus Pai, se encarrega de equilibrar a Balança, por isso vivemos tantas vidas quantas as necessárias para aprender a amar e viver em paz e harmonia.

Com um abraço fraterno me despeço.