As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


Conselho Prático

25 de maio de 2017

Testemunho:" Alcanço o Céu se rezar?" - 06.04.2017 - ultima mensagem da sessão




Psicodigitação recebida na AELA a 06.04.2017

Uns pensam que alcançam o Céu se rezarem muito, de dia e de noite! Outros acham que se
pagarem a outros para rezarem por eles, ficam igualmente santificados, ou mais ainda, se
confiarem no rezador… sabem que mais? Tretas! Não é rezar muito, muitas vezes a fugir ás
obrigações familiares e de trabalho que conta, não - não é esse o caminho!

Pode-se rezar sempre, e se considerar que o trabalho também é uma Graça, e aí, rezar é
agradecer a Deus- Rezar é fazer o melhor possível, porque em cada Homem, em cada Ser, está
um bocadinho de Deus. É assim que eu entendo o que é rezar!!!.... dizer um chorrilho de
palavras e muitas vezes sem entender o seu sentido… não é rezar, não é falar com Deus nem
Resultado de imagem para homem velho a rezarde Deus!

Deus está em tudo em todos os lugares! Como se pode ser um “Homem de Bem” por boca, se
na realidade, saímos da igreja e começamos logo a praguejar, a criticar… que desolação…
muito se fala e pouco se faz… é mais fácil apontar o dedo, do que olhar para nós mesmos…
queremos muito ser santinhos, santinhos! Mas mal acabamos de rezar… záz! O primeiro
pensamento é tirar vantagem, acusar seja quem for pelos nossos males…. Nunca pensamos
que nós somos a verdadeira razão do nosso próprio pensamento… incrível…

Um exemplo disto tudo sou eu…. Vergonhosamente sou eu… e conheço muitos mais como
eu… que vergonha… ai se arrependimento matasse… estava morto… mais morto do que
estou agora… é que parece tudo loucura…
Deus Pai, perdão, faça de mim o que achar mais justo!

                 (disse de joelhos e a chorar)

Estou pronto para sofrer a minha vergonha…. Não aguento mais! Tenho o peito a rebentar de
dor, não aguento mais…

                (foi amparado por dois irmãos espirituais e colocado a dormir num maca. Segue para
                 um hospital – Escola a fim de ser melhor instruído e esclarecido sobre as dinâmicas da
                 vida -colhemos o que semeamos…)

Homem de cerca de 70 anos