As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


Conselho Prático

1 de fevereiro de 2017

Testemunho: "Sinto-me vazia..." - 26.01.2017 - ultimas mensagens da sessão







Psicodigitação recebida na AELA a 26.01.2017

Tanta conversa, tanta coisa, tanta lengalenga…
eu só queria era dormir… dormir… apenas isso… dormir… descansar…
estou cansada de andar por aí… ás vezes nada faço… nem dou conta de mim,
sento-me e fico apenas a olhar o céu… vazia… vazia de tudo, de amor e de ódio … sem sentir absolutamente nada… tentando apenas perceber se vivo… se existo, se nada sinto…

Resultado de imagem para sinto-me vazia

Estou cansada… estou cansada de tudo… de mim, dos outros, de viver….
Queria apenas evaporar-me… não gosto de me lembrar do que já fiz…
hoje persegue-me a culpa de ter sido egoísta… Não suporto a minha mesquinhez…

Vivo hoje, apenas existo… é só isto que eu sinto hoje!! Estou vazia…
Dizem-me que na pratica do trabalho fraterno me reencontrarei a mim mesmo e que encontrarei o sentido da Vida.

Vou seguir com um grupo de “vazios” como eu, vamos aprender a ser gente!
Adeus, sigo bem acompanhada, vou confiante.

------------------------

Outro testemunho: 

Caí na ilusão de acreditar que a morte seria a solução para os meus problemas… nem isso foi verdade, nem deixei os problemas resolvidos
Não vivi, apenas existi – existo…
Fico por aqui a ouvir, aqui estou em segurança.
Adeus