As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


11 de outubro de 2015

Testemunho de desejo de vingança - 12.07.2012

Psicografia recebida a 12.07.2012  na AELA 

Nota: entidade que saltou de um menino e sua mãe que estavam a ser tratados. O menino batia na mãe.

Resultado de imagem para vingançasPois pois, é só conversa da tanga, da tanga até parece que a gaja não merece, merece isso e muito mais, olha, olha é só conversa da treta, balelas. Conversa de revistas, olha, olha! Balelas! Por acaso a gaja é melhor que eu não! Ela também foi e é uma boa bisca! Morde aqui a ver se eu deixo! Deves pensar que eu sou tolo não? A gaja merece porrada e muito mais, muito mais! A gaja é uma tretas! Só quer é que eu seja um tapete! Eu sou lá tapete! Em mim ninguém manda! Eu só mando em mim e nela, porque ela merece. Ela foi uma bandida, ela tem que pagar e pronto. Tenho-lhe cá uma sede! Ela já matou, e não foram poucos, eu sofri muito nas mãos dela. Ele é só o meu lacaio, eu quero é bater-lhe  a ela! E sozinho não sou capáz ! Quando muito faço-lhe uma dor de cabeça ou faço-lhe cair coisas das mãos, mas mais nada, isso não é nada comparado com o que ele nos fez. Vendo bem, um e outro são uns tontos, se eu não mereço nada, eles também não, Não mataram ninguém agora, mas já mataram os dois (noutras vidas), pois! Não sabiam, não são melhores que eu!

 (foi de seguida foi esclarecida e encaminhada através de psicofonia e doutrinação)