As mensagens que tenho recebido são lições de Amor e Humildade recebidas com respeito e fé como é ensinado na Doutrina Espirita. São apelos constantes à nossa consciência para que todos os dias façamos o nosso melhor, certos de que colheremos o que hoje plantarmos...
Cada um de nós é responsável pelo rumo da sua própria vida, no entanto, nunca estamos sozinhos, nossos Guias / Anjos da Guarda são queridos Amigos, Companheiros e Irmãos mais velhos a zelar por nós, sem nunca esquecer que o primeiro passo tem de ser o nosso...

Sou grata a Todos os que tocam a minha Vida, com todos aprendo... sejam eles que Quem forem... estejam eles Onde estiverem...
Consciente da minha pequenez, partilho-as convosco...

Este blog é uma produção independente, começou no final de 2014 e inclui também as mensagens recebidas desde 2007 por psicografia e psicodigitação desde Maio 2016 na AELA / Setúbal / Portugal - www.aela.pt / Facebook: AELA - Associação Espirita Luz e Amor.


Conselho Prático

16 de janeiro de 2016

Avó B. - "Libertem a a vossa dor" - 19.11.2015

Recebido a AELA a 19.11.2015. A mensagem veio numa altura em que a família passava por momentos difíceis. Prova que do outro lado estão atentos ao que se passa aqui, e que mais uma vez, os laços de família, nunca se perdem. A mensagem é dirigida a vários membros da família.

Avó B.

Minhas filhas queridas, continuam vossas lágrimas, compreendemos que a Vida na Terra seja difícil, sobretudo se perdemos a fé... mas não se iludam, aqui continuamos a trabalhar, a ser testados, continuamos a enfrentar o que nos fáz falta para nos tornar-mos melhores pessoas ou só almas (se já estamos deste lado da v, temos dida). Como pessoas na Terra, ou como almas aqui, o trabalho continua, a compaixão que não aprendemos a fazer aí, temos de a aprender aqui e reencarnar mais uma vez para consolidar o que já plantámos no nosso coração.  Ninguém fica "um Deus" por apenas partir da Terra. O trabalho continua!  Não se iludam! Não tenham medo de fazer todo o Bem possível! Para nós sempre retorna, aquilo que fazemos! Dêem uma flor e para vocês retorna um dia um grandioso e radioso ramo ou jardim de flores! O Amor do Pai por todos nós é grandioso, generoso!  Confiem neste Amor que a todos rodeia!


Não semeiem vinganças, dores e intenções doentias. Olhem para o Céu, para as flores, para as estrelas para o cão ( ref á minha madrinha) , e vejam Graças enviadas para todos nós! Acreditem que tudo volta para nós!
Limpem as lágrimas, limpem a face, e coração ao Alto! Deus sabe como é o nosso coração! É Ele que se encarrega de fazer a Justiça que é necessária. Nós só temos de fazer o nosso melhor a casa dia, o resto entreguemos a Deus, aliviemos assim o nosso coração! Já temos muito que fazer e pensar durante o dia!  Aproveitemos a vida para viver e não “morrer”, porque, queridas filhas acreditem: cada mau pensamento, cada má palavra, cada má acção, fica a pesar-nos na alma, na própria vida em vidas futuras…
Filhas, libertem o vosso presente da dor da revolta, da vingança… vejam antes as graças que já receberam, olhem para o lado e vejam quantos estão muito piores que vocês! Ainda têm pelo que agradecer a Deus!
Coragem filhas, semeiem paz e a paz se fará presente nas vossas vidas! Aqueles que já partiram  - (ref. á minha mãe J., á tia I. tio J., aos avós B. e J.A e outros nossos familiares ) - e aqueles que estão a chegar  -  (ref. á bébé do Alexandre)    - precisam de nossa amor, de nosso carinho, dos nossos exemplos de Paz e de compreensão. Oramos por todos, e para todos pedimos a Deus Pai, protecção e ajuda.
Filhinhas, coragem, todos aqui vos estimamos, nenhum é esquecido, no “Céu” ou na “Terra” continuamos a viver, a lembrar-se uns dos outros com carinho. Cada um tem o seu tempo para encontrar o caminho certo, o caminho da Justiça, da compreensão e da Paz! A todos entregamos a Deus Pai e pedimos apenas a oportunidade de fazer todo o Bem possível, sem olhar a quem. Confiamos neste Amor! Confiem nesta verdade!
Com grande carinho de todos me despeço, de todos recebam também Amor e saudade.

Avó B.